Blogger Wordpress Gadgets

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

A TRAJETÓRIA DE MIRANDA - Parte 2

                  

Um momento de descontração com Clea,  um amigo da família e a filha de ambos, Silvinha
          
                 Como já postei, Miranda conhece Cléa Mara ou (Liamar) nome artístico. Ela Tinha uma dupla sertaneja chamado "DUO ESTRELAS DO AMAMBAY" com a parceira Irani.À epoca, já haviam gravado "Cabelo Loiro" fazendo vocal para a então famosa dupla ¨Tião Carreiro e Pardinho. O sucesso foi tanto que elas são convidadas a gravar a faixa "Menino dos olhos Pretos" (assistir vídeo) como "participação especial", ocasião em que se conhecem,como já postei.. Liamar também vinha de um casamento desfeito e veio para São Paulo tentar um lugar ao sol com sua arte.Eles decidem ficar juntos.Ela termina a dupla com a morte da parceira Irani.Como acontece com qualquer pessoa, Miranda passa por fases difíceis. se afasta dos estúdios de gravação."Estão surgindo novos talentos." dizia ele. Com a companheira Cléa Mara como sua vocalista,forma novamente seu conjunto e  apresentam-se em Restaurantes e Bares tradicionais de São Paulo e São Bernardo do Campo por anos a fio.Em 1984, são convidados por Zacarias Mourão, poeta e compositor a fazerem uma "Temporada" no Estado de Mato Grosso. Lá, ele e Clea Mara trabalham em diversas casas noturnas, fazem mutos amigos e tornam-se extremamente populares. Quatro anos depois, resolvem voltar para São Paulo, sua terra natal da qual ele sentia muita falta. Clea sempre esteve com ele nos melhores e piores momentos, tornando-se uma companheira sem igual.Em 1996 ele perde seu filho  que sofre um enfarto fulminante, quando passou a ser seu sucessor no meio musical; "Maestro Mirandinha". Esse fez com que perdesse a alegria de viver. Dois anos depois é acometido de um câncer estomacal, que quando se apresentou já não havia o que se fazer.No dia 06/junho/1998, faltando 9 dias para completar seus 77 anos, ele "pega carona na calda de um cometa" e parte para outras esferas. Deixa seu "Legado" "SEMPRE FIZ O QUE GOSTO DE FAZER, NÃO SOU CAPAZ DE BATER UM PREGO NA PAREDE,PORQUE POSSO MACHUCAR MEUS DEDOS ' PORRA', E ELES NÃO ESTÃO NO SEGURO!" Dizia isso e gargalhava.Deixou, para quem o conheceu, o enorme vazio que sua ausência provoca. Mas Miranda continua vivo em cada música de sucesso que gravou e na memória e coração de muitos artistas da Musica Popular Brasileira! Doces Kisses Miranda!